35 anos
Institucional

Roubo de celulares cresce 64,6% entre 2015 e 2016

Os roubos de celulares segurados em todo o país tiveram um aumento de 64,6% entre 2015 e 2016. Os dados foram levantados pela Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) com base nas informações fornecidas por sua filiadas. De acordo com os dados das seguradoras, a região que apresentou maior aumento de ocorrências no período foi o Nordeste com 106,8%, seguida da Região Sul, com 73,6% e a Região Sudeste, em terceiro, com aumento de 63%.

A região Nordeste foi também a que apresentou maior aumento no número de aparelhos segurados passando de 265.415 celulares, em 2015, para 480.237, em 2016, representando um crescimento de 81%. Esse aumento explica, em parte, o maior crescimento de roubo e furto de celulares na região. O segundo maior aumento de apólices foi registrado na região Sudeste, que passou de 1.056.044 aparelhos, em 2015, para 1.456.059, em 2016, com aumento de 37,8%. O terceiro maior crescimento de aparelhos segurados foi na região Sul, com 161.996 celulares, em 2015, contra 220.577, em 2016.

 

Segundo a vice-presidente da Comissão de Seguro de Garantia Estendida e Afinidades da FenSeg, Ana Paula de Almeida Santos, os celulares e smartphones deixaram de ser somente um meio de comunicação de voz e passaram a ter um papel essencial no dia-a-dia, sendo um bem de alto valor tecnológico, com alto preço e que ainda traz enorme valor agregado ao modo de vida da sociedade em geral. “Não usamos somente para nossas tarefas de trabalho, como responder e-mails e trabalhar em arquivos, mas para transações bancárias, monitorar nossa saúde e exercícios, para lazer com leitura, jogos, filmes e músicas, e incluindo compras por aplicativos”, afirma ela.

Ana Paula ressalta ainda que esquecer um celular em casa é um transtorno terrível, e ter um smartphone roubado traz a frustação da perda deste bem e a paralisação de atividades no no dia-a-dia. “Por isso é importante que o consumidor proteja seu smartphone adquirindo um seguro que lhe auxilie a recompor o seu patrimônio no momento do roubo, recomenda Ana Paula.”

O levantamento feito pela FenSeg, ressalta Ana Paula, leva em conta apenas celulares que tinham seguro contra roubo. A amostragem, no entanto, serve como parâmetro para o crescimento desses crimes em todo o país. Os roubos de celulares segurados em 2015 totalizou 118.135 aparelhos e em 2016 foram 194.523 aparelhos. O total de aparelhos segurados nos dois períodos são 1.964.406 e 2.558.713, respectivamente.

Confira todos os números na tabela abaixo:

title

Fonte: http://cnseg.org.br/fenseg/servicos-apoio/noticias/roubo-de-celulares-cresce-64-6-entre-2015-e-2016.html