35 anos
Institucional

CARNAVAL: o que checar antes de cair na estrada

Hora de arrumar as malas, juntar a família, os amigos e partir com destino à folia. Mas, antes de carregar o porta-malas do carro, leia algumas dicas que preparamos e evite que imprevistos desagradáveis ocorram e que a aventura se resuma a sentir o vento batendo no rosto:

Revisão: Checar as condições de itens como pneus, rodas, triângulo, macaco, chave de roda, suspensão, rodas, nível do óleo e fluídos, sistema elétrico e sistema de limpeza dos vidros é fundamental. Contudo, atente ao tempo, a revisão não deve ser feita na véspera, já que se houver necessidade de substituição de alguma peça, muitas vezes é impossível fazer isso de um dia para o outro.

Bagagem: Respeite os limites do seu carro, excesso de carga e objetos soltos dentro do veículo representam grandes riscos a você e toda sua família.

Cinto: Usar cinto de segurança reduz o risco de uma fatalidade entre os passageiros dos bancos dianteiros em 40-50%. Segundo pesquisas, hoje em dia um acidente quase nunca é fatal dentro dos limites de velocidade indicados nas cidades, se ocupantes do carro estão usando o cinto de segurança. O uso do cinto no banco traseiro, além de ser obrigatório por lei e prever multa perda de pontos na carteira para quem não cumprir a determinação, evita 80% das mortes de passageiros no banco da frente (dados da Universidade de Tóquio).

Fora do país: Cruzar as fronteiras do Brasil a bordo do seu próprio veículo pode ser uma aventura inesquecível, mas exige atenção especial com a documentação e a mecânica. Confira a lista de exigências do seu destino com antecedência.

Sono: Não dirija com sonolência e a fadiga, pesquisas já mostraram que quem conduz um carro nessas condições corre quase tanto risco como quem dirige alcoolizado.

Atenção ao volante: Pesquisa recente mostrou que um em cada dez acidentes nas vias públicas está relacionada com a distração, ou seja, nada de checar a aparência no espelho, atender chamadas, ler mensagem de texto, maquiar-se, entre outros.

Na cidade: Observe os limites de velocidade e reduza quando sair ou entrar em uma autoestrada ou via secundária, sempre sinalize sua pretensão.

Curvas: Nas curvas, a força gravitacional exige energia e atenção extra. Use as duas mãos para orientar, evitar manobras bruscas e mantenha um ritmo constante ao invés de alternar constantemente entre aceleração e frenagem.

Segurança: Preste atenção ao seu redor e sempre mantenha os vidros fechados e portas travadas, deixe bolsas e pastas no porta-malas ou no chão do carro, quando avistar um semáforo vermelho, reduza a velocidade, se for obrigada a parar atrás de outro carro, prefira a pista do meio, retire adesivos que façam referência ao seu estilo de vida (faculdade, profissão, local de trabalho), acostamento só em último caso: se um pneu esvaziar sem motivo aparente, procure o posto mais próximo e cuidado extra com o horário, à noite, evite andar sozinho e nem fique de bate-papo com o carro parado.